Dia Mundial do Doador de Medula Óssea

Postado por: John 19/09/2020 0 Comentários Saúde,

Em 2019, o Instituto Butantan, Órgão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, realizou uma campanha de cadastramento coletivo de candidatos à doação de medula. A mobilização ocorreu em parceria com o hemocentro da Santa Casa de São Paulo e foi inspirada no caso de uma criança de 3 anos, internada com leucemia linfoblástica aguda.

Esses voluntários foram cadastrados no REDOME (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) e serão acionados caso apresentem compatibilidade genética com pacientes que estão na fila para transplante de medula.

Esse tipo de campanha, assim como o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, tem como objetivo estimular a doação do tecido, que pode contribuir para salvar vidas. Ao se cadastrar no REDOME, os voluntários são considerados aptos a realizar doações para todo Brasil, podendo receber um telefonema a qualquer momento, se um paciente com dados genéticos compatíveis for encontrado.

A medula óssea é um tecido líquido-gelatinoso que ocupa a cavidade dos ossos e onde são produzidos os componentes do sangue, como leucócitos, hemácias e plaquetas. Pessoas com leucemia, doenças originadas no sistema imune, linfomas, anemias graves, entre outras, podem necessitar de transplante.

Quem pode doar?

Pessoas com idades entre 18 e 55 anos, em bom estado geral de saúde. O doador não pode ter doença infecciosa ou incapacitante. Também não pode sofrer com câncer, doença hematológica ou do sistema imunológico. Outras doenças podem não ser impeditivo para doação. Cada caso deve ser analisado pela equipe médica.

Como a doação é realizada?

A doação começa 24 horas antes do procedimento, com a internação do doador. No centro cirúrgico, ele recebe anestesia peridural ou geral e tem a medula retirada do interior de ossos da bacia por meio de punções. Esse procedimento pode durar em torno de 90 minutos. A medula costuma se recompor em apenas 15 dias.

O doador pode sentir algum desconforto no local nos três primeiros dias após a doação, essa sensação pode ser remediada com o uso de analgésicos e medidas simples orientadas pelo médico. O doador também pode retornar às atividades depois da primeira semana da doação.

Se você está apto para ser um doador, procure o REDOME e faça seu cadastramento. Ajude a salvar vidas.

Etiquetas:doacao-orgaos