A GlobalFarma não envia boletos de cobrança caso receba algum favor não pagar pois se trata de fraude, todos nossos pagamentos são Intermediados pela pagseguro. Em caso de dúvidas entre em contato com nossa equipe telefone e WhatsApp

Entenda o que é endometriose e como ela afeta milhões de mulheres pelo mundo

Postado por: John 03/03/2021 0 Comentários Saúde, Saúde da Mulher,

Março Amarelo marca o Mês Mundial de Conscientização sobre a Endometriose, uma das doenças mais comuns entre as mulheres. A Organização Mundial da Saúde (OMS), estima que a endometriose atinge cerca de 176 milhões de mulheres no mundo todo e, 15% das mulheres no Brasil.

Muitas mulheres sofrem por anos com cólicas intensas e dificuldades para engravidar sem saber que esses podem ser sinais de que elas têm endometriose. A doença tem tratamento, mas é preciso identificar os sintomas e buscar ajuda médica.

O que é endométrio?

Endométrio é o tecido que reveste a parede interna do útero. Durante o ciclo, o órgão passa por algumas fases em que ele muda de espessura e quando há fecundação, é nele que o embrião fica alojado. Nos casos em que a gravidez não acontece, o endométrio descama e é expelido com a menstruação.

O que é endometriose?

A endometriose é uma doença crônica que ocorre através de um processo inflamatório provocado pela presença de tecido endometrial fora do útero. Nesse caso, ao invés de ser expelido durante a menstruação, o tecido vai em direção aos ovários ou à cavidade abdominal e causa um processo inflamatório na pelve.

Quais os sintomas da endometriose?

Mulheres e meninas que menstruam devem ficar alerta com sintomas como cólicas fortes e incapacitantes, dores durante a relação sexual, desconforto ao urinar ou evacuar, além de sentir dores na região lombar e nas coxas e dificuldades para engravidar. Casos graves podem apresentar obstrução intestinal.

Como o diagnóstico é feito?

A laparoscopia é o método mais eficiente para obter um diagnóstico precoce. Nos casos em que os nódulos apresentam meio centímetro, já é possível identificar a endometriose através da ressonância magnética.

Exames preventivos só mostram a presença da doença se o endométrio apresentar um crescimento maior, nesse caso, quando a doença já está em um estágio avançado.

Como o tratamento de endometriose é realizado?

A doença não tem cura, mas o uso de medicamentos como pílulas anticoncepcionais pode contribuir com a melhora nos sintomas, impedindo que a doença avance. O tratamento cirúrgico é recomendado para lesões maiores, que são retiradas durante os procedimentos.

Em alguns casos, a doença pode regredir de maneira espontânea conforme as mulheres chegam à menopausa.

Mudanças no estilo de vida podem ajudar no controle dos sintomas, como a prática de atividade física, manutenção de hábitos alimentares saudáveis e através do acompanhamento médico regular.